Publicado em: ,

Cadela rosna na barriga de sua dona grávida – então ela descobre algo terrível e vai ao hospital

Compartilhe

Os cães são seres maravilhosamente inteligentes que podem detectar quando algo está errado; Eles também podem perceber nosso estado de espírito e até mesmo melhora-lo, além disso, eles conseguem identificar quando uma mulher está grávida e quando ela é sua dona, se encarregam de protegê-la.

É exatamente isso que Keola fez. Ela é uma cadela que vive com Ricky e Alhanna, sua família humana, em South Yorkshire, Inglaterra. O casal sempre a considerou parte da família, então quando Keola sentiu que Alhanna estava grávida, começou a protegê-la e queria estar sempre ao seu lado, aguardando ansiosamente a chegada do novo membro.


Estava claro que a cadela se sentia animada com a chegada do bebê, sempre se aconchegava na barriga de Alhanna, que crescia mais com o passar do tempo, mas um dia tudo mudou.

Keola começou a se comportar de maneira diferente diante da barriga de sua dona, se esfregava e o empurrava como se quisesse mostrar algo e uivava incontrolavelmente.


Naquela época, Alhanna começou com dores nas costas severas e quando foi ao médico, não acharam nada errado, então pensaram que talvez fosse o aumento do bebê em sua barriga.


A mulher voltou para casa após vários estudos que os médicos realizaram, mas Keola mostrou o mesmo comportamento, porém com mais intensidade, inclusive se sentava de frente a ela e a mirava fixamente.

Alhanna estava preocupada e não sabia o que pensar, por que sua cachorra se comportava assim?

Então ela tirou uma foto de Keola e compartilhou no Facebook tentando descobrir o que acontecia com ela, rapidamente seus amigos lhe aconselharam a não ignorar o comportamento, pois os cães possuem um instinto especial e sabem quando algo não está bem.


Keola continuou muito estranha e novamente Alhanna decidiu fazer mais estudos para saber se tudo estava bem com ela e com o bebê. Desta vez, encontraram algo, os pressentimentos de Keola não falharam.

Alhanna tinha uma infecção dupla no rim e sua vida estava em perigo, assim como o bebê, no entanto, graças às constantes advertências de Keola foi possível tratar o problema a tempo e, felizmente, tudo correu bem, o bebê veio ao mundo sem complicações e Alhanna  melhorou.


A cachorrinha rapidamente simpatizou com o bebê, e como ela sempre cuidou de sua mãe, agora também cuida dele, certamente serão amigos inseparáveis.

Ricky e Alhanna não puderam se sentir mais agradecidos, pois graças aos avisos de Keola, agora a família está completa. Uma inteligente e protetora cadela que mostrou o quanto ela era capaz de amar.

Não podemos negar a grandeza desta heroína de quatro patas, definitivamente ter um cachorro em casa é a melhor decisão que podemos tomar, no entanto, não devemos nos esquecer de cuidar deles, respeitá-los e amá-los, desta forma eles multiplicarão tudo o que lhe damos.

O que você acha dessa linda história? Compartilhe com seus entes queridos e não se esqueça de continuar a apoiar a nossa página com um like. Esperamos seus comentários sobre isso.

Fonte: labibliadeanimales

Os cães são seres maravilhosamente inteligentes que podem detectar quando algo está errado; Eles também podem perceber nosso estado de espírito e até mesmo melhora-lo, além disso, eles conseguem identificar quando uma mulher está grávida e quando ela é sua dona, se encarregam de protegê-la.

É exatamente isso que Keola fez. Ela é uma cadela que vive com Ricky e Alhanna, sua família humana, em South Yorkshire, Inglaterra. O casal sempre a considerou parte da família, então quando Keola sentiu que Alhanna estava grávida, começou a protegê-la e queria estar sempre ao seu lado, aguardando ansiosamente a chegada do novo membro.


Estava claro que a cadela se sentia animada com a chegada do bebê, sempre se aconchegava na barriga de Alhanna, que crescia mais com o passar do tempo, mas um dia tudo mudou.

Keola começou a se comportar de maneira diferente diante da barriga de sua dona, se esfregava e o empurrava como se quisesse mostrar algo e uivava incontrolavelmente.


Naquela época, Alhanna começou com dores nas costas severas e quando foi ao médico, não acharam nada errado, então pensaram que talvez fosse o aumento do bebê em sua barriga.


A mulher voltou para casa após vários estudos que os médicos realizaram, mas Keola mostrou o mesmo comportamento, porém com mais intensidade, inclusive se sentava de frente a ela e a mirava fixamente.

Alhanna estava preocupada e não sabia o que pensar, por que sua cachorra se comportava assim?

Então ela tirou uma foto de Keola e compartilhou no Facebook tentando descobrir o que acontecia com ela, rapidamente seus amigos lhe aconselharam a não ignorar o comportamento, pois os cães possuem um instinto especial e sabem quando algo não está bem.


Keola continuou muito estranha e novamente Alhanna decidiu fazer mais estudos para saber se tudo estava bem com ela e com o bebê. Desta vez, encontraram algo, os pressentimentos de Keola não falharam.

Alhanna tinha uma infecção dupla no rim e sua vida estava em perigo, assim como o bebê, no entanto, graças às constantes advertências de Keola foi possível tratar o problema a tempo e, felizmente, tudo correu bem, o bebê veio ao mundo sem complicações e Alhanna  melhorou.


A cachorrinha rapidamente simpatizou com o bebê, e como ela sempre cuidou de sua mãe, agora também cuida dele, certamente serão amigos inseparáveis.

Ricky e Alhanna não puderam se sentir mais agradecidos, pois graças aos avisos de Keola, agora a família está completa. Uma inteligente e protetora cadela que mostrou o quanto ela era capaz de amar.

Não podemos negar a grandeza desta heroína de quatro patas, definitivamente ter um cachorro em casa é a melhor decisão que podemos tomar, no entanto, não devemos nos esquecer de cuidar deles, respeitá-los e amá-los, desta forma eles multiplicarão tudo o que lhe damos.

O que você acha dessa linda história? Compartilhe com seus entes queridos e não se esqueça de continuar a apoiar a nossa página com um like. Esperamos seus comentários sobre isso.

Fonte: labibliadeanimales

Qual é a sua opinião?