Publicado em:

Um truque genial para que seus filhos aprendam a multiplicar de forma rápida e eficientemente

Compartilhe

Ainda me lembro de quando tive que memorizar as temidas tábuas de multiplicação na escola. Tudo começava de maneira fácil, até chegar à tabela de 6 e a coisa se complicava bastante, você se lembra?

O que eles não nos ensinaram é que existe uma tabela "mágica", capaz de fazer as crianças aprenderem tabelas de multiplicação de uma maneira muito mais fácil e lógica do que de tabela a tabela. Estou me referindo à famosa Tábua de Pitágoras para se multiplicar.


Alguns de vocês podem já estar familiarizados com a tabela pitagórica, mas estou convencido de que alguns pais me agradecerão por compartilhar isso com vocês hoje.


Como você pode ver, na primeira fila e na primeira coluna estão representados os números de 1 a 10. As outras colunas ou linhas contêm resultados de multiplicação. Deste modo, se cruzarmos as duas coordenadas, teremos o resultado da multiplicação.

Por exemplo: se pegarmos o 7 da primeira coluna com o 2 da primeira linha, veremos que o ponto em que se cruzam é o resultado de multiplicar 7 por 2, o que é igual a 14.

Claro, antes de começar a usar a tabela, é apropriado que a criança conheça antecipadamente o que é uma multiplicação e o que ela consiste. Para fazer isso, eles devem primeiro dominar somas e subtrações. Depois, motivando o máximo possível e fazendo coisas divertidas, podemos explicar a multiplicação, que é nada mais do que a soma sucessiva do mesmo número, de modo que 3 × 2 significa 2 vezes 3, ou seja, 3 + 3.

Você deve começar com as multiplicações simples, e quando eles entenderem, estarão prontos para aprender a lidar com a tabela de Pitágoras.

Além de evitar a aprendizagem tediosa de 10 tabelas individualmente, que são mentalmente mais pesadas, esta tabela pode render alguns benefícios adicionais:


Eles aprendem de maneira visual a propriedade comutativa, ou seja, o resultado é o mesmo se multiplicarmos 2 × 6 do que se multiplicarmos 6 × 2.


As crianças aprendem a encontrar padrões e simetrias na tabela, o que ativa o pensamento lógico. No exemplo a seguir, podemos ver como se forma retângulo formado pelo mesmo número de casas que a multiplicação que nos pedem, que neste caso é de 5 × 3.


Facilita o aprendizado através da experimentação e manipulação.

 Fonte: La voz del muro


Ainda me lembro de quando tive que memorizar as temidas tábuas de multiplicação na escola. Tudo começava de maneira fácil, até chegar à tabela de 6 e a coisa se complicava bastante, você se lembra?

O que eles não nos ensinaram é que existe uma tabela "mágica", capaz de fazer as crianças aprenderem tabelas de multiplicação de uma maneira muito mais fácil e lógica do que de tabela a tabela. Estou me referindo à famosa Tábua de Pitágoras para se multiplicar.


Alguns de vocês podem já estar familiarizados com a tabela pitagórica, mas estou convencido de que alguns pais me agradecerão por compartilhar isso com vocês hoje.


Como você pode ver, na primeira fila e na primeira coluna estão representados os números de 1 a 10. As outras colunas ou linhas contêm resultados de multiplicação. Deste modo, se cruzarmos as duas coordenadas, teremos o resultado da multiplicação.

Por exemplo: se pegarmos o 7 da primeira coluna com o 2 da primeira linha, veremos que o ponto em que se cruzam é o resultado de multiplicar 7 por 2, o que é igual a 14.

Claro, antes de começar a usar a tabela, é apropriado que a criança conheça antecipadamente o que é uma multiplicação e o que ela consiste. Para fazer isso, eles devem primeiro dominar somas e subtrações. Depois, motivando o máximo possível e fazendo coisas divertidas, podemos explicar a multiplicação, que é nada mais do que a soma sucessiva do mesmo número, de modo que 3 × 2 significa 2 vezes 3, ou seja, 3 + 3.

Você deve começar com as multiplicações simples, e quando eles entenderem, estarão prontos para aprender a lidar com a tabela de Pitágoras.

Além de evitar a aprendizagem tediosa de 10 tabelas individualmente, que são mentalmente mais pesadas, esta tabela pode render alguns benefícios adicionais:


Eles aprendem de maneira visual a propriedade comutativa, ou seja, o resultado é o mesmo se multiplicarmos 2 × 6 do que se multiplicarmos 6 × 2.


As crianças aprendem a encontrar padrões e simetrias na tabela, o que ativa o pensamento lógico. No exemplo a seguir, podemos ver como se forma retângulo formado pelo mesmo número de casas que a multiplicação que nos pedem, que neste caso é de 5 × 3.


Facilita o aprendizado através da experimentação e manipulação.

 Fonte: La voz del muro

Qual é a sua opinião?