Publicado em: ,

Enfermeira não suportou ver o sofrimento de um bebê prematuro e fez o que ninguém ousava

Compartilhe


O nascimento de cada bebê é sempre um evento que enche a família do pequeno de alegria, ver o belo rosto do recém-nascido provoca em nós os sentimentos mais doces.
Talvez essa seja a razão pela qual ver um bebê tão frágil e inocente sofrer é tão triste e doloroso para nós.
A história a seguir é de um bebê prematuro que lutou contra a dor e todo o prognóstico quando a vida parecia escapar de seu corpo.

Tudo começou quando sua mãe, Sarah, desenvolveu uma doença grave que às 27 semanas de gravidez provocou uma falha multiorgânica que colocou sua vida, e a de seu bebe em perigo. Pois o corpo inteiro de Sarah estava falhando, os médicos disseram que a melhor alternativa que o bebe teria para sobreviver era realizar uma cesária de emergência e desta forma, dar-lhe a oportunidade de lutar por sua vida.


O bebê, chamado Connor, era pequeno no nascimento pesando apenas 900 gramas e media apenas um pouco mais que uma mão adulta; Começou sua vida desde o início de uma maneira difícil.

Assim que ele nasceu, Connor foi levado para a unidade de terapia intensiva neonatal, onde chamou a atenção de uma de uma enfermeira particular, chamada Gween, por causa da fragilidade de sua saúde.

Por um lado, Sarah conseguiu se recuperar completamente de sua doença, superando todo o diagnóstico; Ela mal podia levantar-se e foi até onde seu bebê e não saiu de seu lado, por outro lado, o pai do pequeno, estava sempre próximo a ele.


O que eles não sabiam era que quando eles iam para casa para descansar, Gween estava sempre atenta especialmente às necessidades de Connor e o cuidava com o verdadeiro amor e dedicação. Ela, longe de agir com indiferença e frieza com que a alguns médicos fazem depois de ver tantos casos semelhantes, estava disposta a comprometer-se totalmente em sua recuperação. Inclusive chegou a costurar um par de roupas para o bebê.

Ela confessa que não suportava vê-lo sofrer e se negava a perder as esperanças, todos os dias orava incansavelmente por a saúde do bebê.

Quando os pais do pequeno souberam o que a enfermeira estava fazendo pelo seu bebê, eles ficaram realmente agradecidos em saber que alguém cuidava de seu filho pequeno e fraco de maneira tão especial.

Graças ao cuidado da equipe médica, Connor conseguiu se recuperar completamente e deixou o hospital para ir para casa com seus pais. Ele é agora um menino grande, mas seus pais cuidaram de nunca esquecer a mulher tão especial que o ajudou a sobreviver depois de ter chegado a esse mundo tão frágil. Então eles decidiram dar uma boa surpresa à enfermeira.

Veja o vídeo após a surpresa e compartilhe  porque essa dedicação e espírito merecem ser admirados. Um grande exemplo e uma bela história.



Se você gostou da história, lembre-se de compartilhá-la e nos apoiar com um Like.

Fonte: CoolCloud



O nascimento de cada bebê é sempre um evento que enche a família do pequeno de alegria, ver o belo rosto do recém-nascido provoca em nós os sentimentos mais doces.
Talvez essa seja a razão pela qual ver um bebê tão frágil e inocente sofrer é tão triste e doloroso para nós.
A história a seguir é de um bebê prematuro que lutou contra a dor e todo o prognóstico quando a vida parecia escapar de seu corpo.

Tudo começou quando sua mãe, Sarah, desenvolveu uma doença grave que às 27 semanas de gravidez provocou uma falha multiorgânica que colocou sua vida, e a de seu bebe em perigo. Pois o corpo inteiro de Sarah estava falhando, os médicos disseram que a melhor alternativa que o bebe teria para sobreviver era realizar uma cesária de emergência e desta forma, dar-lhe a oportunidade de lutar por sua vida.


O bebê, chamado Connor, era pequeno no nascimento pesando apenas 900 gramas e media apenas um pouco mais que uma mão adulta; Começou sua vida desde o início de uma maneira difícil.

Assim que ele nasceu, Connor foi levado para a unidade de terapia intensiva neonatal, onde chamou a atenção de uma de uma enfermeira particular, chamada Gween, por causa da fragilidade de sua saúde.

Por um lado, Sarah conseguiu se recuperar completamente de sua doença, superando todo o diagnóstico; Ela mal podia levantar-se e foi até onde seu bebê e não saiu de seu lado, por outro lado, o pai do pequeno, estava sempre próximo a ele.


O que eles não sabiam era que quando eles iam para casa para descansar, Gween estava sempre atenta especialmente às necessidades de Connor e o cuidava com o verdadeiro amor e dedicação. Ela, longe de agir com indiferença e frieza com que a alguns médicos fazem depois de ver tantos casos semelhantes, estava disposta a comprometer-se totalmente em sua recuperação. Inclusive chegou a costurar um par de roupas para o bebê.

Ela confessa que não suportava vê-lo sofrer e se negava a perder as esperanças, todos os dias orava incansavelmente por a saúde do bebê.

Quando os pais do pequeno souberam o que a enfermeira estava fazendo pelo seu bebê, eles ficaram realmente agradecidos em saber que alguém cuidava de seu filho pequeno e fraco de maneira tão especial.

Graças ao cuidado da equipe médica, Connor conseguiu se recuperar completamente e deixou o hospital para ir para casa com seus pais. Ele é agora um menino grande, mas seus pais cuidaram de nunca esquecer a mulher tão especial que o ajudou a sobreviver depois de ter chegado a esse mundo tão frágil. Então eles decidiram dar uma boa surpresa à enfermeira.

Veja o vídeo após a surpresa e compartilhe  porque essa dedicação e espírito merecem ser admirados. Um grande exemplo e uma bela história.



Se você gostou da história, lembre-se de compartilhá-la e nos apoiar com um Like.

Fonte: CoolCloud

Qual é a sua opinião?