Menino de 9 anos supera o câncer e emociona com sua história - Curiosidades da Terra

Breaking

Home Top Ad

Publicidade

Post Top Ad

sexta-feira, 3 de julho de 2020

Menino de 9 anos supera o câncer e emociona com sua história

 

Uma celebração merecida após uma árdua batalha.
Algo que ninguém quer passar por uma doença difícil de curar ou tratar. Recentemente, todos ouvimos histórias surpreendentes de quantas pessoas, mesmo com todas as probabilidades contra, superaram o coronavírus.

No entanto, ainda existem doenças mais agressivas do que o COVID-19 e essa é uma daquelas histórias de vitória contra uma delas.

Josafat Mora Chacón, é um garotinho com apenas 9 anos de idade e que luta constantemente contra o câncer de fígado.
 

Felizmente, porém, em 20 de maio, ele conseguiu concluir ao saber que, por parte dos médicos, iria à sua última sessão de quimioterapia no Hospital Nacional da Criança da Costa Rica.

A luta que Josafat viveu durou quase dois anos, e agora ele e sua família decidiram compartilhar sua felicidade com todos através de uma mensagem escrita na janela traseira do carro do padrasto.

"Hoje é minha última quimioterapia"


A fotografia foi capturada por Alejandro Salazar, um motorista que ao ver a mensagem não hesitou em compartilhar a imagem que rapidamente se tornou viral.

"Jeosafá é como meu filho, eu cuido dele desde que ele tinha três anos, então quando eles me disseram que essa seria sua última sessão de quimioterapia, eu disse a mim mesma que tinha que fazer alguma coisa e foi aí que me ocorreu colocar a mensagem o para-brisa do carro da minha irmã ”, diz Jairo, padrasto do garoto.


Jairo tem sido uma parte fundamental na recuperação do pequeno Jeosafá, pois ele está ao seu lado desde o diagnóstico, dando-lhe apoio moral e financeiro durante todo o processo.

“Foi uma jornada bastante difícil para detectá-lo. Ele caiu da bicicleta cerca de dois meses antes e fraturou uma costela. Quase um mês se passou e ele começou a desenvolver febre, quando o médico o sentiu, imediatamente sentiu o corpo do menino estranho”, continuou Jairo.

O diagnóstico de sua condição foi feito após um exame urinário que não foi tratado corretamente, pois consideravam uma infecção urinária comum que levou a criança a um tratamento que acelerou o câncer que não havia sido detectado.

Em 15 de agosto de 2018, o menino foi transferido para o hospital, onde, após outra série de estudos, encontrou uma mancha no fígado com aproximadamente 22 centímetros de largura.

Durante seu primeiro ano de tratamento, o pequeno Jehoshaphat teve que passar por quimioterapia a cada 72 horas para tentar reduzir o tumor o máximo possível.

Mas depois de 2 anos dessa provação, ele, sua mãe Ana Yancy Chacón e seu padrasto Jairo foram capazes de acabar com tudo.

Os médicos indicaram que o tumor havia remetido o suficiente para poder dizer que sua última quimioterapia seria realizada.
 

Agora, a família feliz continua a aguardar mais análises, mas se sente mais calma, pois seu pequeno guerreiro foi capaz de superar esse terrível mal.

Lutas como as de Josafá devem inspirar todos a lutar. Compartilhe-o para que todos saibam o quanto esse pequeno foi capaz de superar.

Nenhum comentário:

Post Bottom Ad

Páginas