Caçadores furtivos matam a única girafa branca do Quênia e seus filhotes

- 22:44

Uma terrível perda para a natureza
Esta espécie foi vista pela primeira vez em 2017, hoje os responsáveis pela reserva de Ishaqbini Hirola no Quênia relataram que a girafa branca e seus filhotes foram encontrados mortos por caçadores furtivos.

Mohammed Ahmednoor, gerente de reservas, anunciou em comunicado que vários moradores da companhia dos guardas florestais encontraram os esqueletos dos animais após uma longa busca.


"Este é um dia muito triste para a comunidade de Ijara (local de reserva) e do Quênia em geral", disse Ahmednoor, lembrando que a espécie era uma grande atração turística para a reserva. A morte de girafas é "um golpe nas medidas tomadas pela comunidade para conservar espécies excepcionais e únicas, e um alerta para o apoio contínuo aos esforços de conservação". O gerente concluiu.


O Serviço de Conservação da Vida Selvagem do Quênia (KWS) anunciou que iniciou a investigação para encontrar os responsáveis pelas mortes de girafas, cujos restos mortais são de quatro meses.


Publicidade