Eclipse lunar poderá ser visto em todo o Brasil nesta terça-feira

- 14:00

Grande parte do planeta poderá testemunhar um eclipse parcial da Lua que começará na hoje (16), sendo o segundo e último fenômeno dessas características que será visto em nosso satélite durante este 2019.

A agência espacial dos EUA (Nasa) disse que esse fenômeno pode ser testemunhado na América do Sul, Europa, África, Ásia, Austrália e durará aproximadamente três horas.

O eclipse poderá ser visto a partir das 17h01 (horário de Brasília) e, no total, terá duração de mais de cinco horas, parecido com o que ocorreu em janeiro deste ano.
A duração da fase de umbra (quando a sombra da Terra começa a ser observada na Lua) será de 2 horas e 51 minutos. Já considerando todo o período do eclipse, incluindo a fase de penumbra (quando a sombra da Terra sobre a Lua ainda é vista de forma borrada), a duração total do fenômeno chega a 5 horas e 33 minutos.

15h43: início da fase de penumbra
17h01: início da fase da umbra
19h52: fim da fase da umbra
21h17: fim da fase da penumbra

Segundo os cientistas, observar este eclipse parcial da Lua não representará nenhum perigo para as pessoas que querem vê-lo.

Além disso, para visualizá-lo, nenhuma instrumentação especial é necessária, mas é aconselhável procurar um local escuro para melhor apreciar o fenômeno, já que a poluição luminosa pode dificultar o avistamento.

O próximo eclipse lunar a ser visto no planeta será em 10 de janeiro de 2020


Publicidade