Costa Rica chega a 300 dias consumindo 100% de energia renovável pelo quarto ano consecutivo

- 10:44

Em 2018, a Costa Rica terminou consumindo 98% de sua energia por meio de fontes 100% renováveis. É o quarto ano em que eles conseguem fechá-lo com um status assim.

De fato, no ano passado, apenas 1,4% de toda a eletricidade consumida no país veio de usinas de combustíveis fósseis.  

"A Costa Rica se tornou um exemplo para a região e para o mundo." declarou Luis Pacheco, diretor do Instituto de Eletricidade da Costa Rica

É assim que a Costa Rica gera energia suficiente e renovável

A água é a principal fonte de energia no país da América Central. Isso cobre quase 74% das necessidades do país. Em segundo lugar, encontramos o vento, que acrescenta 15,6%. E finalmente, a energia dos vulcões, 8,3%.

Para fazer um favor ao meio ambiente e provar que se pode viver consumindo 100% de energias renováveis, o país tomou uma decisão. Em 2018, a Costa Rica decidiu evitar o uso de usinas de combustível fóssil por 300 dias. A última vez que os usaram no ano passado foi em meados de maio.
A energia renovável do país, em números
Em 2018, o mês que conseguiu gerar um maior número de energia renovável foi em outubro. Os anos anteriores também alcançaram números invejáveis.

Em 2017, as energias renováveis cobriram mais de 99% das necessidades de eletricidade do país. Em 2016, a Costa Rica trabalhou 100% com energia renovável por 250 dias.

Nos anos que começaram, 2015 e 2014, foi possível cobrir mais de 80% das necessidades.

Isto é possível graças a um governo comprometido que depende de energias renováveis e está empenhado em dar-lhes uma oportunidade dentro do país. Na verdade, o presidente é claro: sua ideia é descartar combustíveis fósseis e permanecer em renováveis.

Um exemplo que deve ser tomado pelos governos dos outros países do mundo.

Publicidade