Jovens plantam 11.500 árvores para recuperar uma floresta queimada na Argentina

- 17:30

Um grupo de jovens voluntários de diferentes cidades da Argentina e do mundo acampou 4 dias na Floresta Cholila para refloresta-la novamente.

A floresta típica da Patagônia Argentina, cheia de árvores imensas ao lado de suas montanhas. Uma cidade muito turística devido a este tipo de paisagens, que infelizmente em 2015 foi abalada pelo fogo.

Afetado por um incêndio florestal naquele ano, que deixou mais de 40.000 hectares de cinzas, queimando durante dois meses que pareciam eternos. Considerado o pior incêndio registrado na história do país.
Quatro anos depois, um grupo de 85 jovens amantes da natureza veio à floresta de Cholila para devolver o que o fogo levou. Com enormes mochilas nas costas, cheias de plantas e pás, decidiram trabalhar por 4 dias para plantar quase 12.000 árvores.

Voluntários de diferentes cidades da Argentina e de várias partes do mundo se instalaram na floresta de Cholila com o objetivo de plantar 11.500 mudas. Isto equivale a 20 hectares de cohiues e ciprestes de quase 40cm de altura, localizados em pontos estratégicos da montanha.

Os voluntários se viram em uma paisagem desolada, mas nada tirou o desejo desses jovens de dar vida a essa floresta que tem sido um inferno nos últimos anos.
A Reforest Arg foi fundada em 2016, projetada por Tobias Merlo, um jovem formado em Ciências Ambientais. A ideia surgiu quando ele planejou uma viagem de três meses com dois amigos à Patagônia, e seu objetivo era investigar as causas que mais problemas geravam para o meio ambiente.

Desde então, chegaram a uma única conclusão: o reflorestamento seria a solução mais eficaz para recuperar as florestas nativas. Depois de apresentar seu relatório às autoridades e se unir à AAP, eles decidiram iniciar seu projeto na Floresta de Cholila.

Uma ação humanitária que dá vida a uma das muitas florestas afetadas por incêndios florestais. Espera-se que dentro de alguns anos, a Floresta de Cholila volte a ser o que algum dia já foi.


Publicidade