Deu à luz seu bebê sem vida com 16 semanas e publica fotos comovedoras antes de entregá-lo

- 13:15

Depois de receber a notícia de que serão pais, homens e mulheres querem que tudo corra bem durante e após a gravidez, que os meses se passem rapidamente para ter o bebê nos braços e ele esbanje saúde.

Infelizmente, as coisas nem sempre acontecem como esperado ou planejado.

Justine Zampogna, uma mulher de 28 anos de Perth, Austrália, tomou a difícil decisão junto com seu parceiro para interromper sua gravidez porque o cérebro de seu bebê não estava mais crescendo.
Então ela decidiu compartilhar algumas imagens comoventes do corpo sem vida do seu pequeno com a intenção de alertar outras mulheres a falar sobre a morte fetal e a perda solitária dos abortos espontâneos.

Apesar disso, a questão da legislação sobre o aborto tem sido um tema muito debatido nos últimos meses, principalmente na internet, e Justine não é a primeira mulher a compartilhar fotos de seu bebê morto e bem formado, embora muitos prefiram dizer a ela ¨feto"
Depois de dar um diagnóstico do seu bebê, os médicos disseram que, se ela continuasse com a gravidez, as chances do bebê morrer apenas horas após o nascimento eram de 99%. O que eles recomendaram foi induzi-la ao parto depois de tomar uma medicação, dando à luz um bebê morto com 16 semanas de gestação.
Justine estava muito animada em se tornar a mãe de uma garota a quem ela havia escolhido o nome de Gia, que significa "dom de Deus", então quando ela recebeu as terríveis notícias dos médicos, ela se sentiu devastada e desconsolada, é por isso que ele decidiu compartilhar sua história através de imagens.
Quando ela completou 14 semanas e fez um ultrassom, o médico lhe disse que seu bebê tinha anencefalia (um defeito fatal no tubo neural), então se ela continuasse com a gravidez, o bebê sobreviveria apenas algumas horas após o nascimento.

Depois de muita dor, lágrimas e pensamentos, Justine tomou a decisão de interromper a gravidez, tomou uma pílula que impedia a placenta de continuar a funcionar e deu à luz seu bebê.

Justine e seu marido, Ty, passaram seis horas com o corpo de seu bebezinho antes de entregá-lo. Nas fotografias é possível ver que o bebê já estava formado, olhe com cuidado e você pode ver perfeitamente suas perninhas.
Ela decidiu compartilhar estas imagens comoventes, a fim de tirar o medo das mulheres e que elas se encorajam a falar sobre a perda da gravidez, tentar confortas aquelas que passaram pela mesma situação.

Foi em 27 de agosto, quando Justine deu à luz e passou um par de horas com o corpinho de sua filhinha vivendo o primeiro e último momentos com ela.

"Eu não pude deixar de chorar inconsolavelmente durante todo o processo de nascimento, mas o choro não foi para dizer adeus, mas para aceitar que ela não estaria mais lá. Era um encerramento que precisávamos, depois de tudo o que estávamos passando, merecemos ter nossa própria história de nascimento. Ainda que sua alma não tenha passado um único dia na Terra, ela conseguiu tocar nossos corações profundamente", disse Justine.

Desejamos-lhe uma resignação rápida para o casal. Um fato lamentável pelo qual talvez muitas mulheres tenham passado. Descanse em paz Gia.

Fonte: viralista

Publicidade