Leões comem caçadores furtivos de rinocerontes na África do Sul

- 10:55

Que ironia da vida, em um momento você pode ser o caçador e em outro você pode ser a presa.

Algo muito semelhante aconteceu com dois caçadores furtivos de rinocerontes, que por razões desconhecidas acabaram sendo devorados por leões em uma reserva africana.

Os restos mortais dos caçadores foram descobertos por um guarda florestal que passeava pela reserva de caça de Sibuya, no Cabo Oriental, muito perto de uma alcatéia de leões.

Nick Fox, dono da Reserva de Caça Sibuya, disse que duas ou três pessoas aparentemente morreram.
No mesmo local, a polícia e uma unidade antifraude encontraram um machado, três pares de sapatos e luvas. Dias antes os leões tinham sido ouvidos fazendo uma comoção.

Fox comentou que haviam imaginado que se tratava de caçadores, mas ao observar o machado, eles confirmaram isso.

Você sabia que a África do Sul abriga 80% dos rinocerontes do mundo?

Mas a população de rinocerontes na China e no Vietnã se esgotou devido à caça furtiva. Na Ásia, o chifre de rinoceronte é muito cobiçado quando usado como medicina tradicional.

Infelizmente, mais de 1000 rinocerontes foram mortos na África do Sul no ano passado. Devido a este tipo de situações, criaram-se grupos como os Black Mambas, dedicados a proteger os rinocerontes sem a necessidade de usar armas.

É importante proteger a natureza e tudo o que existe dentro dela, porque se não o fizermos, poderemos terminar com toda a vida no planeta Terra.

E, no final, o carma fez o que queria, o que você acha disso?


Publicidade