Menino aranhava veículos em plena luz do dia. Um desconhecido o encarou e foi impossível conter sua raiva

- 09:39

Mais de uma vez, vimos uma criança fazer um escândalo tão grande, que até repensamos a ideia de nos tornarmos pais, ou, em caso de ser, agradecer que não tenha vindo com esse caráter explosivo que custa tanto controlar.

Por esses dias, um homem deseja com toda sua força não estar presente quando um menor cometer um crime em plena luz do dia, porque por intervir,  não falta aqueles para o chamar de agressor.

Acontece que, justo quando ele estava caminhando pela rua, viu uma criança de 13 anos arranhando carros estacionados com uma chave perto de um parque. Como era claramente uma atitude muito incorreta, o sujeito se aproximou da criança para chamar sua atenção e explicar que ele não deveria fazer isso.


Mas ele nunca imaginou que o menor reagisse com um ataque de raiva e começasse a insultá-lo.

Foi tanto o escândalo, que várias testemunhas começaram a registrar a situação, o que deixou em evidência como a criança passou de gritos aos empurrões e socos, fazendo com que o homem perdesse a paciência.


Foi tanto que, em certo momento, o homem - que tentava encontrar a mãe do adolescente - o empurrou com força para afastá-lo e o menino caiu no chão, batendo o rosto no chão. Depois de cair, a criança imediatamente começou a chorar e reagiu com gritos mais histéricos e outros insultos contra outros adultos presentes.


Depois de viralizar as imagens, as redes sociais são divididas, pois, enquanto algumas descreveram a criança como um "sociopata", outras julgaram o adulto por ter usado força contra uma criança mesmo que ele tenha justificado que foi retirá-lo depois que o menino sofreu um ataque de raiva.

Veja o vídeo e tire suas próprias conclusões:


Fonte: upsocl
Advertisement