Pesquisar....

Esses mergulhadores encontraram um horrível "zoológico" com animais enjaulados e amarrados no fundo do mar


Há séculos a existência de zoológicos é comum em todo o mundo. Ultimamente, a consciência do tratamento digno que os animais merecem de nossa parte levou a que, na melhor das hipóteses, deixassem de ser lugares cheios de animais enjaulados em minúsculas gaiolas simplesmente para o desfrute dos visitantes, para se tornarem verdadeiros centros de estudos e proteção animal.

A história abaixo, infelizmente, representa um verdadeiro retrocesso real no cuidado dos animais e, embora tenha acontecido há um ano, ultimamente ganhou relevância e interesse do público.


As águas cristalinas ao redor da ilha de Kokoya, na Indonésia, são mundialmente famosas devido à grande quantidade de vida subaquática que abrigam, e é por isso que elas são um lugar privilegiado para mergulho e exploração submarina em geral.

Foi precisamente ao longo da costa desta ilha que, um grupo de mergulhadores encontrou um par de dudongos, mãe e bebê, em gaiolas subaquáticas separadas, a mãe tinha sido amarrada pelo rabo. Os dois exemplares desta espécie, ameaçados e relacionados ao peixe-boi, foram mantidos por várias semanas por um pescador.

Ao encarar o pescador sobre essa situação, ele disse aos mergulhadores que havia capturado os animais porque eles comiam a pesca; sendo os mergulhadores especialistas em vida submarina, eles sabiam imediatamente que ele estava mentindo, o dudongo é uma espécie herbívora, era óbvio que o homem escondia a verdadeira razão.


A triste realidade era que eles haviam sido capturados para fazer negócios às suas custas. Ele cobrava 80 centavos para vê-los e 12 dólares para tirar fotografias. Os mergulhadores exigiram que o homem liberasse os animais, ele concordou e prometeu soltá-los o quanto antes. Mesmo assim, os mergulhadores tiraram fotografias e publicaram nas redes sociais porque não acreditavam na palavra do homem. Graças às fotografias, as autoridades encontraram o local e garantiram que os animais fossem libertados do confinamento no mesmo dia.

Graças ao trabalho destes mergulhadores os dudongos voltaram à liberdade que merecem. No entanto, existem milhares de animais que todos os dias sofrem desnecessariamente um tratamento indigno e irresponsável. É sua tarefa e de todos nós vigiar a conservação das espécies; não só para si, mas sua sobrevivência em um elo necessário também para a nossa. Se os delicados ecossistemas são destruídos, o dano não se limita a uma minúscula espécie ou área geográfica, mas se torna uma reação em cadeia que, mais cedo ou mais tarde, acabará prejudicando todos nós como espécie.

É por isso que pedimos a você para compartilhar este artigo para aumentar a conscientização sobre o problema de não cuidar da natureza, se você concordar, não se esqueça de nos apoiar com um Like e nos dar sua valiosa opinião nos comentários.

Fonte: porquenosemeocurrio

Advertisement
BERIKAN KOMENTAR ()
 
-->