No último sábado o planeta Terra quase desaparece e ninguém percebeu o que aconteceu

- 09:57

Os especialistas o viram apenas 21 horas antes que passasse "quase raspando" a Terra, em termos espaciais.

Um asteroide do tamanho de uma baleia azul passou muito perto da Terra no último sábado e os cientistas da NASA não o detectaram até que esteve apenas 21 horas antes de sua passagem.


Este objeto perigoso foi designado como 2018 CB e passou às 22:30 GMT. A distância entre a Terra e o asteroide era menor que um quinto da distância entre a Terra e a lua.

Este asteroide nos raspou a 64.000 quilômetros da Terra, uma distância muito menor que 7,4 milhões de quilômetros, foi catalogado como perigoso porque, se sair de sua órbita, pode colidir e destruir grande parte do planeta.

De acordo com Paul Chodas, líder do Centro de Estudos de Objetos Próximo da Terra no Laboratório de Propulsão a Jato da NASA em Pasadena, Califórnia, este corpo celeste tem um diâmetro de 15 e 40 metros, superando o asteroide Chelyabinsk, Rússia, que entrou na atmosfera do nosso planeta em 15 de fevereiro de 2013.


Especialistas afirmaram que os asteroides desse tamanho passam perto da Terra uma ou duas vezes por ano apenas. O mais impressionante é que algumas pessoas encontraram rastros do asteroide.

A detecção desses corpos celestes é complicada para os astrônomos, uma vez que são objetos pequenos e escuros que se perdem no vácuo profundo, além de se mover a velocidades inimagináveis.

O que você acha disso? Sua opinião é muito valiosa para nós. Espalhe a informação com seus amigos.

Fonte: actualidad.rt
Advertisement