Mais 2 crianças morrem de envenenamento do sangue por este erro comum – Você deve saber disso!

- 11:20

Poucas semanas antes do Natal, Alyssa Alcaraz, de 12 anos, começou a se sentir mal. Sua mãe, Keila Lino Alcarazniña, teve que levar Alyssa, uma garota normalmente feliz e cheia de energia, ao hospital, de acordo com a ABC News.

Depois de ser vista por um médico no Kawaeh Delta Medical Center na Califórnia, foi enviada para casa. Eles lhe disseram para descansar, beber água e tomar algum analgésico. Supostamente, era uma gripe e logo ficaria bem novamente.

Três dias depois, Alyssa estava morta.

Alyssa não teve gripe, foi choque séptico e parada cardíaca.

Infelizmente, não é a primeira vez que uma criança morre de sepse, também conhecida como envenenamento do sangue, diz Greg Martin, médico de emergência da Escola de Medicina da Universidade Emory.

É uma doença cujos sintomas podem ser confundidos com gripe, pneumonia ou outras doenças, o que dificulta o diagnóstico e, quando percebem que é sério, pode ser muito tarde.



Qual é a infecção do sangue?
Sepse é uma infecção do sangue que ocorre quando o próprio sistema imunológico do corpo reage de forma exagerada a uma infecção.

Quando a infecção se espalha para todo o corpo e afeta os órgãos vitais é quando Sepse ocorre. O sistema imunológico, em seguida, libera uma variedade de substâncias e faz com que os vasos sanguíneos perdão líquidos.

Em pouco tempo, órgãos importantes, como o coração ou os pulmões, podem ser afetados. No pior dos casos, pode levar à morte.



Outras pessoas que morreram de Sepse 
Sepse pode matar pessoas que são completamente saudáveis.

Kyler Baughman, de 21 anos, estava estudando para se tornar um personal trainer quando de repente começou a ter febre.



Os sintomas pioraram rapidamente e eles tiveram que leva-lo para um hospital maior. Em menos de 24 horas, um jovem saudável morreu de sepse depois de ter uma gripe.

Em 2014, uma menina de 3 anos, Pippa, foi diagnosticada com pneumonia. Poucas horas depois, estava morta. O motivo? Uma Sepse grave.

A menina chegou ao hospital às quatro da manhã, 15 horas depois, ela estava morta, escreve Woman's Today.

Rory, um menino de 12 anos de Nova York, tinha uma ferida que foi feita no ginásio. Quatro dias depois, morreu de uma infecção no sangue, relata o simplemost.com.



Como prevenir a sepse?
De acordo com a Sepsis Alliance, 26 milhões de pessoas têm Sepse todos os anos no mundo, e é a primeira causa de morte entre as crianças.

Mas isso pode ser prevenido.
O mais importante é manter uma boa higiene. Sempre lave e desinfete as feridas, independentemente de serem grandes ou pequenas, e dar às crianças todas as vacinas recomendadas, uma vez que qualquer outra doença pode levar à sepse.



Compartilhe este artigo no Facebook para que todos possam estar cientes da gravidade da sepse e reagir o mais rápido possível se suspeitarem.

Fonte: newsner
Advertisement