Pesquisar....

Se recusa a aborta mesmo depois de ver o ultrassom - 3 meses depois, ela fica chocada com bilhete de um estranho


Sara Heller e Chris Eidam sempre quiseram formar uma família, foi por isso que, ao saber que  seriam pais, a felicidade os dominou em cheio. No entanto, durante uma visita ao médico, o ultra-som revelou que seu bebê tinha uma fenda bilateral e um transtorno de perda cromossômica, um defeito congênito que alteraria a aparência do bebê.


O médico sugeriu que a criança fosse abandonada, mas para o casal, essa era uma opção que jamais seriam capazes de considerar; Para eles, seu bebê tinha tanto direito como qualquer outro de nascer e ser feliz. Se tratava de seu filho, o que sempre haviam desejado.


Quando o pequeno Brody nasceu, ele era um filho encantador e doce com uma alma pura e inocente, ansioso para amar e ser amado, independentemente da sua aparência. Longe de sentir vergonha, Sara e Chris fizeram o que qualquer pai faria e ficaram orgulhosos de seu primogênito. Compartilhavam dezenas de fotos nas redes sociais e as amostras de carinho e os parabéns não demoraram a chegar. Infelizmente, os comentários ofensivos e sem coração também começaram cedo.


Mas havia uma nota em particular de um jovem que disse o seguinte: “O que diabos há de errado com o rosto do seu filho”?

Sara respondeu explicando a malformação do filho e logo depois fez o jovem saber que a forma em que havia se expressado fez com que ela se sentisse atacada e que talvez ele devesse tentar ter mais cuidado com suas palavras e considerar aqueles que parecem diferentes para evitar machucá-los.


Os pais amáveis tentaram deixar o comentário para trás, mas agora eles sabiam que lá fora, sempre haveria pessoas para zombar ou desprezar seu bebê, isso os deixou perplexos.

Para Brody, a solução para sua malformação congênita era uma cirurgia cara para a qual seus pais não tinham os recursos necessários.


Um dia, três meses após o nascimento de Brody, Sara o levou para um jantar com um grupo de amigos quando uma garçonete veio e lhe entregou uma nota que um homem, que observava seu bebê durante o jantar, os haviam deixado. Tratava-se de um cheque de mil dólares e a legenda: "Para o seu belo bebê"


No começo, eles não sabiam como reagir, mas entendeu que aqueles mil dólares que o estranho lhes havia dado era o modo como o céu lhes dizia que tudo estaria bem para sua família. Com o dinheiro, eles começaram um fundo de poupança e doações, na esperança de recardar o dinheiro necessário para as operações da Brody.

"Não consegui conter as lágrimas quando vi isso. A felicidade que senti quando vi isso era indescritível", confessou Sara.

Hoje, o bebê já foi operada algumas vezes e, embora ainda faltem algumas mais, Sara e Chris sabem que o futuro de seu belo bebê está cheio de luz e alegria.

Pais bravos como eles e pessoas generosas e altruístas como o estranho amigável são o que é necessário em um mundo onde o egoísmo e a individualidade parecem nos atrapalhar completamente. Sejamos mais solidários e respeitosos com os outros, é necessário ter mais empatia e aprender a estar também interessado nas necessidades dos outros.

Não se esqueça de apoiar esta causa e os melhores desejos para todos os pais e filhos.


Fonte: Littlethings, Facebook, PorqueNoSeMeOcurrioAntes

Advertisement
BERIKAN KOMENTAR ()
 
-->