A jogaram no lixo por ser diferente – 3 anos depois parece tão linda

- 13:23

A chegada e nascimento de uma criança é uma bênção para toda família. Infelizmente, quando o bebê nasce com algum tipo de deficiência ou condição médica, alguns pais, seja devido à ignorância, devido à real incapacidade de cuidar do filho ou por mera maldade, decidem se livrar dele e abandoná-lo.

Sarah Con é especialista em terapia recreativa que decidiu se mudar para o Haiti para se dedicar, em tempo integral, ao atendimento de crianças que sofrem algum tipo de deficiência e vivem em situação precária.

Um dia, no hospital onde Sara trabalhava, entrou uma mulher com uma criança em seus braços que havia encontrado momentos antes no lixo. Seus pais biológicos a abandonaram por sofrer de hidrocefalia.



É uma condição caracterizada pelo acúmulo de uma quantidade excessiva de líquido cefalorraquidiano no cérebro. Normalmente, esse fluido protege e amortece o cérebro. No entanto, muito líquido exerce uma pressão prejudicial sobre ele.



Sem pensar duas vezes, ela decidiu adotar a garotinha, a quem  chamava de Nika.

Quando os médicos informaram que a menina tinha o risco de morrer a qualquer momento sem precisar estar doente, Sarah desmaiou e se entresteceu por alguns dias, mas sua determinação e desejo de melhorar a vida da menina eram mais fortes. Estava determinada, lutaria pela vida de Nika.


"Na maioria das vezes penso positivo, acredito firmemente e com todo meu coração em seu futuro e em seu potencial. E eu vou lutar por isso!". Disse ela.

Agora, e depois de três anos desde seu primeiro encontro, mãe e filha moram juntas em Louisiana, Estados Unidos, em uma casa inundada de amor.




"É muito difícil colocar em palavras como é saber que, para ela, todo momento é o último", Sarah confessou.


Apesar das adversidades que o casal enfrenta todos os dias, graças ao carinho e afeto de sua família, a menininha saiu adiante e avançou em sua recuperação. Ela já é capaz de controlar sua cabeça, tronco, visão e pode socializar.

Histórias como esta mostram-nos a força e dedicação para lutar por quem você ama, não importa a condição física ou a saúde que que possui, o amor pode melhorar tudo.


Se você gostou desta história tocante, lembre-se de compartilhá-la e nos apoiar com um Like.

Fonte: Daily, MedlinePlus

Advertisement