Publicado em: , ,

Encontrou uma cadela de rua com 6 filhotes – quando se aproxima vê uma mão que sai entre eles

Compartilhe

E aqueles que continuam pensando que os animais são incapazes de sentir ou raciocinar, mesmo que seja um pouco, mudarão seu ponto de vista lendo essa história. Embora pareça incrível, há animais que demonstram ter mais coração do que muitas pessoas e outros mais instintos do que qualquer mulher.

Uma mulher estava saindo de sua casa ouviu uivos devastadores, pensou que talvez um filhote de cachorro estivesse ferido, então decidiu procurar descobrir e ajudá-lo.

No entanto, ela ficou surpresa quando realmente olhou para uma cadelinha, mas ela não estava sozinha, estava protegendo seus filhotes e, além disso, descobriu algo que a deixou congelada.


A cadela protegia e aquecia nada mais e menos que um bebê, demonstrando ter muito mais instinto do que algumas mulheres.

Não há dúvidas sobre a grandeza e o nobre coração dos animais, o quanto temos que aprender com eles, você não acha? Além disso, são muito inteligentes e intuitivos e foi assim que ela soube exatamente o que deveria fazer; proteger e aquecer o bebê abandonado.


Way, a cadelinha da rua, acabava de dar a luz e era difícil para ela manter seus filhotes seguros, apesar disso, teve compaixão pelo bebê abandonado, algo que sua mãe não teve e como estava protegendo seus filhotes, decidiu integrá-lo e dar calor mantendo-lhe seguro das pessoas ou outros animais que poderiam prejudica-lo.

Uma cadelinha que vale ouro

Era inverno na Argentina quando Alejandra Griffa ouviu os uivos de um cachorro e decidiu descobrir se ele estava machucado e precisava de ajuda. Foi assim que descobriu Way, a cadela que estava protegendo seus filhotes e um bebê que havia sido abandonado sem a menor preocupação de seus pais sobre o que ocorria com ele. Alejandra ficou chocada com essa cena.


Entre seus filhotes havia um bebê com apenas um mês de idade. Sua impiedosa mãe o havia abandonado sem se importar de que ele morreria de frio. Então a cadela decidiu mantê-lo próximo a ela e de seus filhotes para lhe dar calor.

Alejandra, a mulher que os encontrou, agiu rapidamente e levou o bebê para um hospital onde a notícia era boa: o bebê sobreviveria graças ao calor que a cadela lhe havia dado.

Depois Alejandra voltou para onde Way estava e a levou para sua casa com seus filhotes, arrumou vários cobertores para aquecer e deu comida a cadela para ter força suficiente para continuar alimentando seus filhotes.


Encontraram a mãe

As autoridades encontraram a mãe que naquele momento passava por uma depressão severa e uma crise a levou a abandonar seu bebê, ela nem sequer sabia do que tinha feito, mas continua recebendo ajuda psicológica. O bebê foi deixado no comando das autoridades, o mesmo que determinará o momento em que a mulher for considerada capaz de voltar a ter seu filho ao seu lado.

Julgar é muito fácil, é por isso que não nos limitaremos a desejar que a mãe do bebê se recupere logo para que o bebê possa voltar ao seu lado. Enquanto isso, Alejandra encontrou uma casa para Way e seus filhotes, a mesma que nos deu uma ótima lição, pois sem importar que não fosse de sua espécie, ela protegeu e salvou o pequenino, então essa cadelinha merece nosso reconhecimento.

O que você acha dessa história? Se você concorda que Way é uma heroína, compartilhe sua história com seus amigos e não se esqueça de continuar a apoiar a nossa página com um like. Esperamos seus comentários.

Fonte: porquenosemeocurrio/labibliadelosanimales


E aqueles que continuam pensando que os animais são incapazes de sentir ou raciocinar, mesmo que seja um pouco, mudarão seu ponto de vista lendo essa história. Embora pareça incrível, há animais que demonstram ter mais coração do que muitas pessoas e outros mais instintos do que qualquer mulher.

Uma mulher estava saindo de sua casa ouviu uivos devastadores, pensou que talvez um filhote de cachorro estivesse ferido, então decidiu procurar descobrir e ajudá-lo.

No entanto, ela ficou surpresa quando realmente olhou para uma cadelinha, mas ela não estava sozinha, estava protegendo seus filhotes e, além disso, descobriu algo que a deixou congelada.


A cadela protegia e aquecia nada mais e menos que um bebê, demonstrando ter muito mais instinto do que algumas mulheres.

Não há dúvidas sobre a grandeza e o nobre coração dos animais, o quanto temos que aprender com eles, você não acha? Além disso, são muito inteligentes e intuitivos e foi assim que ela soube exatamente o que deveria fazer; proteger e aquecer o bebê abandonado.


Way, a cadelinha da rua, acabava de dar a luz e era difícil para ela manter seus filhotes seguros, apesar disso, teve compaixão pelo bebê abandonado, algo que sua mãe não teve e como estava protegendo seus filhotes, decidiu integrá-lo e dar calor mantendo-lhe seguro das pessoas ou outros animais que poderiam prejudica-lo.

Uma cadelinha que vale ouro

Era inverno na Argentina quando Alejandra Griffa ouviu os uivos de um cachorro e decidiu descobrir se ele estava machucado e precisava de ajuda. Foi assim que descobriu Way, a cadela que estava protegendo seus filhotes e um bebê que havia sido abandonado sem a menor preocupação de seus pais sobre o que ocorria com ele. Alejandra ficou chocada com essa cena.


Entre seus filhotes havia um bebê com apenas um mês de idade. Sua impiedosa mãe o havia abandonado sem se importar de que ele morreria de frio. Então a cadela decidiu mantê-lo próximo a ela e de seus filhotes para lhe dar calor.

Alejandra, a mulher que os encontrou, agiu rapidamente e levou o bebê para um hospital onde a notícia era boa: o bebê sobreviveria graças ao calor que a cadela lhe havia dado.

Depois Alejandra voltou para onde Way estava e a levou para sua casa com seus filhotes, arrumou vários cobertores para aquecer e deu comida a cadela para ter força suficiente para continuar alimentando seus filhotes.


Encontraram a mãe

As autoridades encontraram a mãe que naquele momento passava por uma depressão severa e uma crise a levou a abandonar seu bebê, ela nem sequer sabia do que tinha feito, mas continua recebendo ajuda psicológica. O bebê foi deixado no comando das autoridades, o mesmo que determinará o momento em que a mulher for considerada capaz de voltar a ter seu filho ao seu lado.

Julgar é muito fácil, é por isso que não nos limitaremos a desejar que a mãe do bebê se recupere logo para que o bebê possa voltar ao seu lado. Enquanto isso, Alejandra encontrou uma casa para Way e seus filhotes, a mesma que nos deu uma ótima lição, pois sem importar que não fosse de sua espécie, ela protegeu e salvou o pequenino, então essa cadelinha merece nosso reconhecimento.

O que você acha dessa história? Se você concorda que Way é uma heroína, compartilhe sua história com seus amigos e não se esqueça de continuar a apoiar a nossa página com um like. Esperamos seus comentários.

Fonte: porquenosemeocurrio/labibliadelosanimales

Qual é a sua opinião?