Publicado em:

Alguém enterrou viva essa cachorrinha pensando que ninguém a encontraria, o que aconteceu me deixou sem palavras

Compartilhe

Em um ato aterrorizante de crueldade animal, alguém deixou esta cachorrinha sozinha e em uma morte lenta e dolorida entre os escombros de um lote vazio na França.


Dogo, de 10 anos, foi abandonada pelo antigo proprietário em condições impensáveis. Ela foi enterrada viva em Carrières-sur-Seine, perto de Paris. Sofria  de desidratação e muita dor e não conseguia se mover.


Entre os escombros e com apenas a cabeça descoberta, foi encontrada por Pedro Dinis, que havia levado seu cão para passar. Ele contou através de sua conta do Facebook que graças ao seu cão, que não parava de latir e cheirar, que ele encontrou esta bela cachorrinha.


"Eu não podia acreditar no que eu estava vendo. Um cachorro prestes a morrer meio enterrada e amarrada a uma bolsa com escombros para evitar que ela escapasse ... foi algo inconcebível".

Apenas sua cabeça era visível, foi muito difícil vê-la completo por causa da quantidade de terra que a cobriu.

Pedro procurou uma maneira de ajudá-la, e com as mãos começou a desenterrá-la. A cachorra já não estava se movendo.


Seu cachorro juntou-se ao resgate e não parava de cavar até que eles conseguiram tira-lá do que poderia ser seu túmulo.


Milhares de franceses se juntaram ao repúdio deste ato cruel e pediram a Dinis que denuncie.


Graças a uma tatuagem que a cachorrinha tinha, seu dono foi localizado. Quando foi encontrado, o dono negou tudo e disse que ela havia fugido de casa. No entanto, o cão de 10 anos sofre de osteoartrite múltipla, por isso, é muito difícil ter tido escapado.


Se for declarado culpado, ele pegará uma pena de prisão de dois anos e deve pagar uma multa de 30 mil euros. As acusações são crueldade animal e desprezo, no entanto, os mais de 180 mil usuários que compartilhavam o status do Facebook de Dinis, exigem a pena máxima.

A cachorrinha foi levada para um hospital de animais, onde se recuperou de choque e desidratação, felizmente ela já não está mais em perigo. Esta é a fotografia mais recente da cadelinha:


Fonte: RecreoViral


Em um ato aterrorizante de crueldade animal, alguém deixou esta cachorrinha sozinha e em uma morte lenta e dolorida entre os escombros de um lote vazio na França.


Dogo, de 10 anos, foi abandonada pelo antigo proprietário em condições impensáveis. Ela foi enterrada viva em Carrières-sur-Seine, perto de Paris. Sofria  de desidratação e muita dor e não conseguia se mover.


Entre os escombros e com apenas a cabeça descoberta, foi encontrada por Pedro Dinis, que havia levado seu cão para passar. Ele contou através de sua conta do Facebook que graças ao seu cão, que não parava de latir e cheirar, que ele encontrou esta bela cachorrinha.


"Eu não podia acreditar no que eu estava vendo. Um cachorro prestes a morrer meio enterrada e amarrada a uma bolsa com escombros para evitar que ela escapasse ... foi algo inconcebível".

Apenas sua cabeça era visível, foi muito difícil vê-la completo por causa da quantidade de terra que a cobriu.

Pedro procurou uma maneira de ajudá-la, e com as mãos começou a desenterrá-la. A cachorra já não estava se movendo.


Seu cachorro juntou-se ao resgate e não parava de cavar até que eles conseguiram tira-lá do que poderia ser seu túmulo.


Milhares de franceses se juntaram ao repúdio deste ato cruel e pediram a Dinis que denuncie.


Graças a uma tatuagem que a cachorrinha tinha, seu dono foi localizado. Quando foi encontrado, o dono negou tudo e disse que ela havia fugido de casa. No entanto, o cão de 10 anos sofre de osteoartrite múltipla, por isso, é muito difícil ter tido escapado.


Se for declarado culpado, ele pegará uma pena de prisão de dois anos e deve pagar uma multa de 30 mil euros. As acusações são crueldade animal e desprezo, no entanto, os mais de 180 mil usuários que compartilhavam o status do Facebook de Dinis, exigem a pena máxima.

A cachorrinha foi levada para um hospital de animais, onde se recuperou de choque e desidratação, felizmente ela já não está mais em perigo. Esta é a fotografia mais recente da cadelinha:


Fonte: RecreoViral

Qual é a sua opinião?