Publicado em:

Apenas 30 minutos de natureza por semana pode reduzir o risco de depressão e doenças cardíacas

Compartilhe

Apenas 30 de minutos por semana gasto ao ar livre - seja visitando o parque, fazendo uma caminhada, ou explorando um novo caminho com seu cachorro - é o suficiente para diminuir seu risco de desenvolver, pressão alta e depressão, um novo estudo concluiu.  

Pesquisadores australianos também descobriram que os habitantes da cidade que fizeram um esforço para passarem um tempo em uma área verde, uma vez por semana, eram mais confortáveis em situações sociais, então é realmente a hora de desligar seus computadores e tomar um pouco de ar.  

"Se todos visitassem seus parques locais meia hora por semana, existiriam sete por cento menos casos de depressão e 9 por centos menos casos de pressão alta," diz a ecologista Danielle Shanahan, da Universidade de Queensland.  

Shanahan e sua equipe analisaram dados de 1.538 habitantes da cidade de Brisbane, Queensland, que foram questionados sobre seus hábitos semanais quando vinham para a natureza e praticavam atividade física, e avaliados sobre sua saúde mental e física.  

As experiências com natureza dos participantes foram medidas por três fatores: a frequência média de visitas nas 'áreas verdes' durante um ano; a duração média das visitas a estas áreas durante uma semana; a intensidade da natureza nestas áreas - medidas pela quantidade e complexidade da vegetação nesses espaços.  

A equipe descobriu que as pessoas que fazem visitas longas e regulares a espaços verdes tem um índice menor de depressão e hipertensão, e aqueles que visitam mais frequentemente tem uma grande coesão social.  

"Uma análise da dose terapêutica para depressão e hipertensão sugere que visitas a áreas verdes ao ar livre de 30 minutos ou mais, durante o período de uma semana, poderia reduzir a prevalência destas doenças até 7 e 9 por cento, respectivamente."  

Fonte: [ ScienceAlert ]


Apenas 30 de minutos por semana gasto ao ar livre - seja visitando o parque, fazendo uma caminhada, ou explorando um novo caminho com seu cachorro - é o suficiente para diminuir seu risco de desenvolver, pressão alta e depressão, um novo estudo concluiu.  

Pesquisadores australianos também descobriram que os habitantes da cidade que fizeram um esforço para passarem um tempo em uma área verde, uma vez por semana, eram mais confortáveis em situações sociais, então é realmente a hora de desligar seus computadores e tomar um pouco de ar.  

"Se todos visitassem seus parques locais meia hora por semana, existiriam sete por cento menos casos de depressão e 9 por centos menos casos de pressão alta," diz a ecologista Danielle Shanahan, da Universidade de Queensland.  

Shanahan e sua equipe analisaram dados de 1.538 habitantes da cidade de Brisbane, Queensland, que foram questionados sobre seus hábitos semanais quando vinham para a natureza e praticavam atividade física, e avaliados sobre sua saúde mental e física.  

As experiências com natureza dos participantes foram medidas por três fatores: a frequência média de visitas nas 'áreas verdes' durante um ano; a duração média das visitas a estas áreas durante uma semana; a intensidade da natureza nestas áreas - medidas pela quantidade e complexidade da vegetação nesses espaços.  

A equipe descobriu que as pessoas que fazem visitas longas e regulares a espaços verdes tem um índice menor de depressão e hipertensão, e aqueles que visitam mais frequentemente tem uma grande coesão social.  

"Uma análise da dose terapêutica para depressão e hipertensão sugere que visitas a áreas verdes ao ar livre de 30 minutos ou mais, durante o período de uma semana, poderia reduzir a prevalência destas doenças até 7 e 9 por cento, respectivamente."  

Fonte: [ ScienceAlert ]

Qual é a sua opinião?