Publicado em:

8 construções fantásticas que emergiram da água

Compartilhe
A igreja de 400 anos que foi exposta pelo vazamento do reservatório Mexicano.  


Em 2015, os restos de uma igreja da era colonial emergiram do recuo das águas de um rio ao sul do México no estado de Chiapas. A bacia do Rio Grijalva foi atingida por uma seca este ano, que foi causada pelo nível da água na reserva de Nezahulcoyotl que diminuiu 82 pés.  

A igreja foi construída no meio do século 16 por um grupo de monges (liderados por Friar Bartolome de la Casas) na região de Quechula, que antigamente era habitada pelo povo Zoque. Ela estava originalmente perdida para as águas do reservatório de Nezahualcoyotl, em 1966, quando ela foi inundada.

A ilha em forma de tartaruga fica submersa nove meses em cada ano.  


Todo ano, milhares de turistas chineses bandeiam-se para a Represa da Garganta para ver uma elusiva ilha em forma de tartaruga emergir das águas do rio Muodaoxi. O evento, chamado de "tartaruga primavera saindo da água," é comemorado pelos moradores, porque as tartarugas são considerados auspiciosas e um sinal de longevidade.  

Soa como um fascinante fenômeno natural, mas a mágica é criada pelo homem. O nível de água do rio Muodaoxi é controlada pela Barragem das Três Gargantas. Toda primavera, o reservatório supre de água as áreas rio abaixo, diminuindo o nível de água e expondo a ilha.  

A aparição da ilha depende da quantidade de água de liberada para o rio abaixo. Durante nove meses do ano, ou é totalmente submerso ou só tem a sua ponta exposta. A forma de tartaruga é totalmente visível quando o nível da água está entre 163 e 168 metros. Se a água cai para cerca de 145 metros, a rocha que a conecta ao continente, perde a sua forma única.

A cidade argentina que ressurgiu depois de estar submersa por 30 anos  


Voltando na década de 1920, uma aldeia turística chamada Villa Epecuen foi estabelecida ao longo das margens do Lago Epecuen, um lago de sal com cerca de 600 quilômetros a sudoeste de Buenos Aires, Argentina. 

A população da cidade atingiu o pico na década de 1970 com mais de 5.000 pessoas. Cerca de 300 empresas prosperaram lá, incluindo hotéis, pousadas, spas, lojas e museus. Durante esse tempo, um evento climático de longo prazo estava entregando muito mais chuva do que o habitual para as colinas circundantes, e Lago Epecuen começou a aumentar. Em 10 de novembro de 1985, um volume enorme de água quebrou a barragem e inundou uma boa parte da cidade.

Quase 25 anos depois, em 2009, o tempo de chuva inverteu e as águas começaram a recuar. Villa Epecuen começou a voltar para a superfície. Ninguém voltou para a cidade, exceto o senhor de 81 anos Pablo Novak, que agora é único residente de Villa Epecuen. 

A inundada Igreja de St Nicholas submergiu em um lago artificial.  


Não muito longe da cachoeira mais alta nos Balcãs está o Lago Mavrovo, um parque nacional na Macedónia que é famoso por sua igreja semi-submersa. Situado em uma paisagem deslumbrante em meio a planaltos gramados e picos nevados, a igreja abandonada de São Nicolau teria sido vítima de um lago artificial criado para fornecer água a uma usina de energia local.

O incrível santuário submerso que se transforma em um parque do condado.  


O Grüner See (também conhecido como "Lago Verde") está localizado na Styria, Áustria. É conhecido por suas vistas cênicas e águas verde-esmeralda que escorre para baixo, vindo das montanhas cobertas de neve. Durante o inverno, antes do derretimento do gelo, o lago tem apenas 1-2 metros de profundidade, e a área ao redor é usada como um parque do condado.  

Entretanto, na primavera, a bacia de terra abaixo da montanha se enche de água, transformando o lago em um santuário submerso com uma profundidade de aproximadamente 12 metros. O Grüner See é livre de poluição e é um destino turístico imensamente popular para caminhantes, campistas e aventureiros procurando aproveitar da natureza.  
  
A cidade chinesa que inundou após um terremoto mas ressurgiu após cinco anos debaixo d'água.  


As fotos espantosas mostram uma vila inteira emergindo de um lago cinco anos após estar completamente inundada devido a um terremoto massivo. Quase dez prédios - incluindo moradias, escritórios, e uma escola primária - emergiram da água desde que a vila de Xuanping foi destruída em 2008. Um terremoto de magnitude 8.0 devastou a vila no condado de Beichuan, província de Sichuan da China, causando uma inundação completa por um lago impermeável.  

A cidade perdida do oeste selvagem que subiu após uma seca em Nevada.  


A cidade pioneira mórmon de Saint Thomas foi inundada 70 anos atrás pelas águas emergentes do Rio Colorado quando foi represado para criar o Lago Mead.  

Suas ruínas agora estão expostas enquanto uma prolongada seca mantém o reservatório próximo à baixos níveis históricos. Thomas foi fundada em 1865 na confluência dos rios Muddy e Virgin pelos mórmons vindos do sul de Nevada para plantar algodão e ampliar o alcance da sua igreja em direção à costa oeste.  

A cidade havia crescido para uma população de 500 no tempo em que foi inundada em 1938. As fundações de concreto submersas de Saint Thomas foram vistas pela primeira vez por pescadores em 2003. Hoje, arbustos de tamariscos cobrem a paisagem. A Secretaria Americana de Reclamações está atualmente avaliando propostas para administrar a seca no rio, que provém água e energia à milhões de pessoas nos estados do oeste.  

A igreja venezuelana que ressurgiu à superfície após 33 anos debaixo d'água.  


Entre 1985 e 2008, pescadores e excursionistas que viajaram de barco ao longo do lago formado pelo Uribante Reservatório, Venezuela, foram presenteados com uma visão sinistra - uma cruz mofada subindo torto para fora da água. Estava claramente presa à algo que o ancorava - algo grande e profundamente abaixo da superfície. Em 2008, a cruz começou a surgir cada vez mais alto para fora d'água, revelando mais de sua estrutura gótica abaixo. Foi literalmente apenas a ponta de algo muito maior.  

Na realidade, a estrutura não estava emergindo para fora da água, mas a água do reservatório estava recuando, revelando o que o lago havia escondido por mais de duas décadas. 2010, a água recuou quase completamente, revelando uma larga extensão de terra plana e uma igreja gótica muito alta que uma vez submergiu.  

A igreja pertenceu à cidade de Potosi, que em 1985 foi propositalmente inundada pelo represamento de um rio próximo para criar uma usina hidrelétrica. Todos os cidadãos de Potosi precisaram ser relocados.  

Por 20 anos, tudo o que restou de suas vidas originais foi a cruz no topo da torre da igreja, uma vez alcançando o alto no céu, e então levada para baixo e quase - mas não completamente - afogada.

Fonte: [ Odde ]
A igreja de 400 anos que foi exposta pelo vazamento do reservatório Mexicano.  


Em 2015, os restos de uma igreja da era colonial emergiram do recuo das águas de um rio ao sul do México no estado de Chiapas. A bacia do Rio Grijalva foi atingida por uma seca este ano, que foi causada pelo nível da água na reserva de Nezahulcoyotl que diminuiu 82 pés.  

A igreja foi construída no meio do século 16 por um grupo de monges (liderados por Friar Bartolome de la Casas) na região de Quechula, que antigamente era habitada pelo povo Zoque. Ela estava originalmente perdida para as águas do reservatório de Nezahualcoyotl, em 1966, quando ela foi inundada.

A ilha em forma de tartaruga fica submersa nove meses em cada ano.  


Todo ano, milhares de turistas chineses bandeiam-se para a Represa da Garganta para ver uma elusiva ilha em forma de tartaruga emergir das águas do rio Muodaoxi. O evento, chamado de "tartaruga primavera saindo da água," é comemorado pelos moradores, porque as tartarugas são considerados auspiciosas e um sinal de longevidade.  

Soa como um fascinante fenômeno natural, mas a mágica é criada pelo homem. O nível de água do rio Muodaoxi é controlada pela Barragem das Três Gargantas. Toda primavera, o reservatório supre de água as áreas rio abaixo, diminuindo o nível de água e expondo a ilha.  

A aparição da ilha depende da quantidade de água de liberada para o rio abaixo. Durante nove meses do ano, ou é totalmente submerso ou só tem a sua ponta exposta. A forma de tartaruga é totalmente visível quando o nível da água está entre 163 e 168 metros. Se a água cai para cerca de 145 metros, a rocha que a conecta ao continente, perde a sua forma única.

A cidade argentina que ressurgiu depois de estar submersa por 30 anos  


Voltando na década de 1920, uma aldeia turística chamada Villa Epecuen foi estabelecida ao longo das margens do Lago Epecuen, um lago de sal com cerca de 600 quilômetros a sudoeste de Buenos Aires, Argentina. 

A população da cidade atingiu o pico na década de 1970 com mais de 5.000 pessoas. Cerca de 300 empresas prosperaram lá, incluindo hotéis, pousadas, spas, lojas e museus. Durante esse tempo, um evento climático de longo prazo estava entregando muito mais chuva do que o habitual para as colinas circundantes, e Lago Epecuen começou a aumentar. Em 10 de novembro de 1985, um volume enorme de água quebrou a barragem e inundou uma boa parte da cidade.

Quase 25 anos depois, em 2009, o tempo de chuva inverteu e as águas começaram a recuar. Villa Epecuen começou a voltar para a superfície. Ninguém voltou para a cidade, exceto o senhor de 81 anos Pablo Novak, que agora é único residente de Villa Epecuen. 

A inundada Igreja de St Nicholas submergiu em um lago artificial.  


Não muito longe da cachoeira mais alta nos Balcãs está o Lago Mavrovo, um parque nacional na Macedónia que é famoso por sua igreja semi-submersa. Situado em uma paisagem deslumbrante em meio a planaltos gramados e picos nevados, a igreja abandonada de São Nicolau teria sido vítima de um lago artificial criado para fornecer água a uma usina de energia local.

O incrível santuário submerso que se transforma em um parque do condado.  


O Grüner See (também conhecido como "Lago Verde") está localizado na Styria, Áustria. É conhecido por suas vistas cênicas e águas verde-esmeralda que escorre para baixo, vindo das montanhas cobertas de neve. Durante o inverno, antes do derretimento do gelo, o lago tem apenas 1-2 metros de profundidade, e a área ao redor é usada como um parque do condado.  

Entretanto, na primavera, a bacia de terra abaixo da montanha se enche de água, transformando o lago em um santuário submerso com uma profundidade de aproximadamente 12 metros. O Grüner See é livre de poluição e é um destino turístico imensamente popular para caminhantes, campistas e aventureiros procurando aproveitar da natureza.  
  
A cidade chinesa que inundou após um terremoto mas ressurgiu após cinco anos debaixo d'água.  


As fotos espantosas mostram uma vila inteira emergindo de um lago cinco anos após estar completamente inundada devido a um terremoto massivo. Quase dez prédios - incluindo moradias, escritórios, e uma escola primária - emergiram da água desde que a vila de Xuanping foi destruída em 2008. Um terremoto de magnitude 8.0 devastou a vila no condado de Beichuan, província de Sichuan da China, causando uma inundação completa por um lago impermeável.  

A cidade perdida do oeste selvagem que subiu após uma seca em Nevada.  


A cidade pioneira mórmon de Saint Thomas foi inundada 70 anos atrás pelas águas emergentes do Rio Colorado quando foi represado para criar o Lago Mead.  

Suas ruínas agora estão expostas enquanto uma prolongada seca mantém o reservatório próximo à baixos níveis históricos. Thomas foi fundada em 1865 na confluência dos rios Muddy e Virgin pelos mórmons vindos do sul de Nevada para plantar algodão e ampliar o alcance da sua igreja em direção à costa oeste.  

A cidade havia crescido para uma população de 500 no tempo em que foi inundada em 1938. As fundações de concreto submersas de Saint Thomas foram vistas pela primeira vez por pescadores em 2003. Hoje, arbustos de tamariscos cobrem a paisagem. A Secretaria Americana de Reclamações está atualmente avaliando propostas para administrar a seca no rio, que provém água e energia à milhões de pessoas nos estados do oeste.  

A igreja venezuelana que ressurgiu à superfície após 33 anos debaixo d'água.  


Entre 1985 e 2008, pescadores e excursionistas que viajaram de barco ao longo do lago formado pelo Uribante Reservatório, Venezuela, foram presenteados com uma visão sinistra - uma cruz mofada subindo torto para fora da água. Estava claramente presa à algo que o ancorava - algo grande e profundamente abaixo da superfície. Em 2008, a cruz começou a surgir cada vez mais alto para fora d'água, revelando mais de sua estrutura gótica abaixo. Foi literalmente apenas a ponta de algo muito maior.  

Na realidade, a estrutura não estava emergindo para fora da água, mas a água do reservatório estava recuando, revelando o que o lago havia escondido por mais de duas décadas. 2010, a água recuou quase completamente, revelando uma larga extensão de terra plana e uma igreja gótica muito alta que uma vez submergiu.  

A igreja pertenceu à cidade de Potosi, que em 1985 foi propositalmente inundada pelo represamento de um rio próximo para criar uma usina hidrelétrica. Todos os cidadãos de Potosi precisaram ser relocados.  

Por 20 anos, tudo o que restou de suas vidas originais foi a cruz no topo da torre da igreja, uma vez alcançando o alto no céu, e então levada para baixo e quase - mas não completamente - afogada.

Fonte: [ Odde ]

Qual é a sua opinião?